sexta-feira, agosto 05, 2005

 

Calor

Está calor. Cheguei há pouco da rua e, apesar de já passar da meia-noite, o termómetro aponta para os 30 graus. Lisboa, do estádio de Alvalade à Ajuda, do Restelo a Queluz, está coberta por uma nuvem de fumo. Na capital do país, cheira a pinheiro queimado. Mas não se vê nada a arder. No Porto, dizem os nossos colegas do Comércio no seu blog, a situação é parecida. Sei que a A1 está cortada há mais de cinco horas perto de Pombal por causa de um incêndio, mas não consigo perceber de onde vem a névoa que me rodeia. A SIC Notícias transmite (em diferido) um interminável torneio de ténis entre jogadores já retirados.

Comments:
exactamente as minhas dúvidas. de lisboa ao cacém, do cacém a loures, há uma névoa de fumo que nos condiciona a respiração.

liguei a TSF e não consegui perceber de onde ele vem.

só sei que, às primeiras horas de sexta-feira, havia 22 incêndios por controlar.
 
Em Benfica passava-se exactamente o mesmo. Cheiro a madeira queimada e um fumo que parecia nevoeiro de inverno.
Portugal está todo a arder e mesmo onde não chega o fogo, chega o cheiro.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

eXTReMe Tracker