segunda-feira, agosto 01, 2005

 

Preciso de vos dizer (pela 2ª vez...)

Preciso de dizer, a vocês meus queridos colegas e amigos, que vou sentir a vossa falta, que não me consigo habituar à ideia de não vos ver todos os dias, que foram durante este tempo uma família.
Quero agradecer-vos o carinho com que me acolheram, a paciência que alguns tiveram de me explicar porque é que o lead de uma notícia não pode começar com «hoje realizou-se» ou «numa conferência que teve lugar...». Ou porque é que uma reportagem tem de ter "tesão" e nela o amarelo pode ser como um limão ou como uma folha de árvore no outono e que o frio não é só frio, é de enregelar os ossos ou congelar os pensamentos e as lágrimas. Preciso também de dizer que vos desejo toda a sorte do mundo e que espero que todos sejam felizes, mesmo sem a nossa A Capital.
Preciso de dizer às sonsas gosmentas mais giras do mundo, que gosto muito de vocês.
E porque tudo se torna mais fácil quando acreditamos em alguma coisa, eu acredito que quem faz, recebe em troca a dobrar, bom ou mau, de uma maneira ou de outra. E acredito que quem vê números em vez de pessoas, um dia, quando mais precisar, quando se vir sozinho e miserável, e tiver medo de morrer sozinho,não passará de um número, um número pequeno e só com uma casa decimal, que é para não ter companhia.
E que um dia vão falar de nós como a redacção mais corajosa, jovem e talentosa que o jornalismo português jamais viu e que por uma fatalidade do destino, foi impedida de continuar.

Comments: Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

eXTReMe Tracker