quarta-feira, agosto 03, 2005

 

Preso 26 anos por engano

Um homem preso durante 26 anos em Miami (Florida) por sete violações sexuais vai ser libertado hoje, depois dos testes de ADN e rectificações de testemunhos terem demonstrado a sua inocência, informou a família. “Isto é um sonho”, disse aos jornalistas Luis Diaz, 67 anos, no Centro Correccional Turner Guilford Knight, situado no noroeste de Miami, onde se encontra detido.
O indivíduo, de origem cubana, foi detido na noite de 29 de Agosto de 1979, numa altura em que pelo menos 25 mulheres denunciaram ter sido violadas ou vítimas de tentativas de violação. Para o advogado Barry Scheck, um dos fundadores da organização “Projecto Inocência”, que investiga casos de possíveis erros judiciais relacionados com provas de ADN, o de Diaz é talvez o caso mais importante de reabilitação de uma pessoa entre os 160 já resolvidos.
O Ministério Público disse que ia encerrar o caso contra Diaz, dado que as provas de ADN indicaram que o violador é outro homem desconhecido e que duas das sete presumíveis vítimas alteraram os testemunhos apresentados.


Comments: Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

eXTReMe Tracker