sexta-feira, setembro 16, 2005

 

Para os camaradas de uma Capital que nunca morrerá!

É tarde, é noite, está quente.Dos meus olhos para lá o mundo é um pequeno caos cheio de gente querendo se acertar mas com pouco mais de meia dúzia de almas fazendo algo para que este sonho se torne realidade. Dos meus olhos para cá impera uma grande angústia de ver o mundo assim, doente, e não saber se sou eu quem deve mudar ou sesão as coisas que caminham na direção errada,na contramão.
Estou me sentido só, cansado, frio e racional. Estou apaixonado mas desiludido. Perdido e temeroso. Queria estar ao lado deuma só pessoa mas tenho todas as outras ao meu redor. Tantos sentimentos cruzados fazem meu texto brilhar e permitem que eu escreva mais, mais e mais. Estou me sentindo pequeno e fraco, no lugar do coração parece que puseram um pandeiro e ele não pára de tocar, tocar, tocar... Peçam para mim agir com a razão e a razão diz: ouça seu coração.
O que fazer, então? Desistir, dormir, recomeçar? Escrever, compôr, sofrer? Escrevo porque este é o único dom que a mim foi dado, ou melhor, o segundo: o primeiro foi sentir. Sinto calor e vontade de tirar a camisa mas não o faço, apenas sinto calor. Sinto medo e quero gritar mas não faço, apenas calo. Angustia-me ter sonhos e tê-los perto ou tê-los longe, nunca tê-los dentro de mim. Angustia-me correr atrás de algo que não conheço e sei que em breve mostrar á sua face. Por isso escrevo.
E se agora estas letras, estas palavras, saem com tanta naturalidade, fica uma promessa: hei de escrever um livro. Outro, na verdade. E sem planejamento algum. Quero apenas escrever algo sobre a humanidade, sobre a sociedade, algo para desabafar, algo para me desfazer desta angústia toda. Não precisa ser assim como é... Mas é assim e não podemos cegar.
Como nasce um livro? Talvez da forma oposta que nasce um filho.
[Marcelo Spalding Perez ]
E hoje, primeiro dia do pós-férias, começou a nascer (mais) um livro...

P.S. - Beijinhos para todos!

Comments:
Vim só recolher os meus beijinhos.
Ah, e diz a esse Marcelo que um revisor pode fazer milagres pelo autor de um livro!
 
Apoiado!
Já somos dois a querer escrever alguma coisa...
kiss & hug
CM
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

eXTReMe Tracker