terça-feira, setembro 19, 2006

 

O PAÍS QUE TEMOS...

Li recentemente um artigo que me chamou a atenção...
O que o homem diz tem a sua lógica, e dá que pensar...
Digam de vossa justiça:

"Nós atravessamos uma situação
de perplexidade. (…)
Donde é que vem esta perplexidade
que nós vivemos actualmente?
Vem do facto de que a estrutura partidária que temos faliu. E faliu porquê?
Porque os dois principais partidos que legalmente podem
conduzir o país em alternativa se tornaram idênticos. (…)
Andamos a cavalo de duas mulas que têm sempre o
mesmo trote, e não temos hipótese de fazer face às
dificuldades porque nenhum desses partidos entende
que há qualquer maneira de corrigir as coisas diferente
da do outro. (…) E onde é que esta perplexidade se
entronca? É que nós temos uma classe média que se
desenvolveu bastante nestes últimos trinta anos (podemos
chamá-la de pequena-burguesia, mas chamemos-lhe
classe média, que toda a gente sabe o que é).
Esta classe média tem feito um percurso muito curioso:
vota agora no Cavaco, depois vota no Guterres, depois vota
no Santana Lopes – vai votando aqui e acolá, e a certa
altura repara que foi enganada por todos eles. E é o peso
desta classe média que cria a perplexidade sociológica
que nós hoje encontramos, isto é, ninguém acredita em
nada neste país."... já lhes digo quem é....

CM

Comments:
Soa a conversa do BE... nao?
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

eXTReMe Tracker